4.3. Programas de teste e debug IPv6

Após a preparação do seu sistema para o IPv6, está na hora de usar este protocolo para a sua comunicação com outros sistemas. Primeiro voce deve aprender como analisar os pacotes através de um sniffer. Isto é altamente recomendável para que qualquer debug ou troubleshooting seja feito de maneira rápida.

4.3.1. Ping IPv6

Este programa está incluído no pacote iputils. Seu objetivo é enviar e testar o transporte de pacotes ICMPv6 echo-request packets e aguardar pelos pacotes ICMPv6 echo-reply.

Uso

# ping6 <hostwithipv6address>
# ping6 <ipv6address>
# ping6 [-I <device>] <link-local-ipv6address>

Exemplo

# ping6 -c 1 ::1 
PING ::1(::1) from ::1 : 56 data bytes 
64 bytes from ::1: icmp_seq=0 hops=64 time=292 usec

--- ::1 ping statistics --- 
1 packets transmitted, 1 packets received, 0% packet loss 
round-trip min/avg/max/mdev = 0.292/0.292/0.292/0.000 ms

Dica: o comando ping6 precisa de acesso direto ao socket e por isso precisa de permissão de root. Então se usuários comuns (não-root) tentarem usar o ping6 e não obtiverem sucesso, podem ser um dos dois problemas:

  1. ping6 não está na variável PATH deste usuário (provavelmente porque o ping6 é geralmente localizado em /usr/sbin, e adicionar este diretório ao path do usuário comum não é muito recomendado)

  2. ping6 não executa corretamente, geralmente porque faltam permissões de root. A sugestão neste caso é executar o comando chmod u+s /usr/sbin/ping6 para permitir o uso do programa.

4.3.1.1. Especificando a interface para o ping em IPv6

Ao usar um endereço link-local para pingar alguém em IPv6 o kernel pode não reconhecer ou saber através de qual interface (física ou virtual) o pacote deve ser enviado. Por causa disso, a seguinte mensagem de erro deve aparecer:

# ping6 fe80::212:34ff:fe12:3456 
connect: Invalid argument

Neste caso, voce precisa especificar qual interface deve ser usada para enviar o pacote, como mostrado abaixo:

# ping6 -I eth0 -c 1 fe80::2e0:18ff:fe90:9205 
PING fe80::212:23ff:fe12:3456(fe80::212:23ff:fe12:3456) from
¬ fe80::212:34ff:fe12:3478 eth0: 56 data bytes 
64 bytes from fe80::212:23ff:fe12:3456: icmp_seq=0 hops=64 time=445 usec

--- fe80::2e0:18ff:fe90:9205 ping statistics --- 
1 packets transmitted, 1 packets received, 0% packet loss round-trip
¬ min/avg/max/mdev = 0.445/0.445/0.445/0.000 ms

4.3.1.2. Ping6 para endereços multicast

Um mecanismo interessante para detectar hosts com endereço IPv6 é pingar o endereço all-node multicast:

# ping6 -I eth0 ff02::1
PING ff02::1(ff02::1) from fe80:::2ab:cdff:feef:0123 eth0: 56 data bytes
64 bytes from ::1: icmp_seq=1 ttl=64 time=0.104 ms
64 bytes from fe80::212:34ff:fe12:3450: icmp_seq=1 ttl=64 time=0.549 ms (DUP!) 

Diferente do IPv4, onde as respostas ao ping para endereços de broadcast podem ser desabilitadas, em IPv6 este comportamento não pode ser desabilitado, exceto pela utilização de um firewall IPv6 local.

4.3.2. Traceroute6 IPv6

Este programa geralmente está incluso no pacote iputils. É um programa conhecido, similar ao do IPv4. Veja o exemplo:

# traceroute6 www.6bone.net 
traceroute to 6bone.net (3ffe:b00:c18:1::10) from 2001:0db8:0000:f101::2, 30
¬ hops max, 16 byte packets 
 1 localipv6gateway (2001:0db8:0000:f101::1) 1.354 ms 1.566 ms 0.407 ms 
 2 swi6T1-T0.ipv6.switch.ch (3ffe:2000:0:400::1) 90.431 ms 91.956 ms 92.377 ms 
 3 3ffe:2000:0:1::132 (3ffe:2000:0:1::132) 118.945 ms 107.982 ms 114.557 ms 
 4 3ffe:c00:8023:2b::2 (3ffe:c00:8023:2b::2) 968.468 ms 993.392 ms 973.441 ms 
 5 3ffe:2e00:e:c::3 (3ffe:2e00:e:c::3) 507.784 ms 505.549 ms 508.928 ms 
 6 www.6bone.net (3ffe:b00:c18:1::10) 1265.85 ms * 1304.74 ms

Nota: diferente das versões mais atuais co traceroute do IPv4, que usa pacotes ICMPv4 echo-request e pacotes UDP (default), o traceroute do IPv6 só é capaz de enviar pacotes UDP. Como voce já deve saber, pacotes ICMP echo-request são mais aceitos pelos firewalls e listas de acesso (ACL) de routers do que pacotes UDP.

4.3.3. Tracepath6 IPv6

Este programa costuma estar incluído no pacote iputils. É um programa similar ao traceroute6 e ele traça o caminho para um endereço dado, descobrindo o MTU ao longo deste caminho. Veja o exemplo abaixo:

# tracepath6 www.6bone.net 
 1?: [LOCALHOST] pmtu 1480 
 1: 3ffe:401::2c0:33ff:fe02:14 150.705ms 
 2: 3ffe:b00:c18::5 267.864ms 
 3: 3ffe:b00:c18::5 asymm 2 266.145ms pmtu 1280 
 3: 3ffe:3900:5::2 asymm 4 346.632ms 
 4: 3ffe:28ff:ffff:4::3 asymm 5 365.965ms 
 5: 3ffe:1cff:0:ee::2 asymm 4 534.704ms 
 6: 3ffe:3800::1:1 asymm 4 578.126ms !N 
Resume: pmtu 1280

4.3.4. Tcpdump IPv6

No Linux, o tcpdump é a maior ferramenta para a captura de pacotes. Abaixo estão alguns exemplos. O suporte ao IPv6 já está adicionado nas versões 3.6 ou superiores deste programa.

O tcpdump usa diversas expressões e argumentos para realizar a filtragem de pacotes para minimizar o volume de informações apresentado:

Além disso, algumas opções são muito úteis para obter mais informações de cada pacote, bem interessantes para pacotes ICMPv6:

4.3.4.1. Ping IPv6 para 2001:0db8:100:f101::1 nativo sobre um link local

# tcpdump -t -n -i eth0 -s 512 -vv ip6 or proto ipv6 
tcpdump: listening on eth0 
2001:0db8:100:f101:2e0:18ff:fe90:9205 > 2001:0db8:100:f101::1: icmp6: echo
¬ request (len 64, hlim 64) 
2001:0db8:100:f101::1 > 2001:0db8:100:f101:2e0:18ff:fe90:9205: icmp6: echo
¬ reply (len 64, hlim 64)

4.3.4.2. Ping IPv6 para 2001:0db8:100::1 roteado através de um túnel IPv6-in-IPv4

Os endereços IPv4 1.2.3.4 e 5.6.7.8 são os tunnel endpoints (todos os endereços são exemplos)

# tcpdump -t -n -i ppp0 -s 512 -vv ip6 or proto ipv6 
tcpdump: listening on ppp0 
1.2.3.4 > 5.6.7.8: 2002:ffff:f5f8::1 > 2001:0db8:100::1: icmp6: echo request
¬ (len 64, hlim 64) (DF) (ttl 64, id 0, len 124) 
5.6.7.8 > 1.2.3.4: 2001:0db8:100::1 > 2002:ffff:f5f8::1: icmp6: echo reply (len
¬ 64, hlim 61) (ttl 23, id 29887, len 124) 
1.2.3.4 > 5.6.7.8: 2002:ffff:f5f8::1 > 2001:0db8:100::1: icmp6: echo request
¬ (len 64, hlim 64) (DF) (ttl 64, id 0, len 124) 
5.6.7.8 > 1.2.3.4: 2001:0db8:100::1 > 2002:ffff:f5f8::1: icmp6: echo reply (len
¬ 64, hlim 61) (ttl 23, id 29919, len 124)


Your connection is via: IPv4
Your address: 35.175.200.4
mirrors.bieringer.de
is maintained by
webmaster at bieringer dot de
(Impressum)
powered by Apache HTTP server powered by Linux IPv4 connectivity is provided by
Strato